EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Tudo a postos em França para o Campeonato do Mundo de Rugby

O francês Dorian Aldegheri tenta apanhar a bola durante uma sessão de treino, em Rueil-Malmaison, fora de Paris, 5 de setembro de 2023.
O francês Dorian Aldegheri tenta apanhar a bola durante uma sessão de treino, em Rueil-Malmaison, fora de Paris, 5 de setembro de 2023. Direitos de autor Michel Euler/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Michel Euler/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Campeonato do Mundo de Rugby está prestes a começar com a anfitirã, França, a inaugurar a prova defrontando a Nova Zelândia, já esta sexta-feira.

PUBLICIDADE

O percurso das 20 equipas da 10ª edição do torneio começa a 8 de setembro, mas só uma levantará a taça a 28 de outubro, no Stade de France.

Na história do Campeonato do Mundo apenas quatro países - Nova Zelândia, Austrália, África do Sul e Inglaterra - percorreram o caminho até à final. No entanto, este ano, o sul-africano Duane Vermeulen acredita que a prova será mais disputada.

"Acho que o Campeonato do Mundo deste ano é provavelmente o mais aberto que se pode ter. Toda a gente falou sobre a equipa francesa e alguns falaram sobre a Nova Zelândia, outros falaram sobre a Escócia e sobre a África do Sul. Este ano está tudo em aberto e todas as equipas que jogam, precisam de aproveitar a oportunidade, e veremos quem vai chegar à final."

A África do Sul é a atual campeã e está logo atrás da Irlanda no ranking mundial, com os franceses atualmente em terceiro lugar.

Os jogos decorrerão em nove cidades em toda a França e o ministro do Desporto disse que o país "aprendeu lições" com a final da Liga dos Campeões de 2022, realizada em Paris.

Em fevereiro, um painel independente de especialistas exonerou os adeptos do Liverpool e apontou o dedo às autoridades da Uefa e da França pela quase "catástrofe em massa."

Agora, o ministro do Interior francês, Gerard Darmanin, disse que mais de 5100 forças policiais serão mobilizadas a cada dia de jogo durante o torneio, e até 7500 estarão no terreno nos momentos de maior intensidade. 

As estimativas apontam para cerca de 600 mil visitantes estrangeiros em França e dois milhões de espetadores a assistir à competição.

A França e a Nova Zelândia serão as primeiras equipas a tentar despertar a paixão dos fãs de rugby, na sexta-feira à noite, enquanto Itália, Irlanda e Inglaterra entram em ação no sábado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

França eliminada do Mundial de Rugby

Gianni Infantino está otimista com futuro do futebol feminino

Suíça e Noruega seguem para os "oitavos". Anfitriã eliminada