Última hora

Última hora

Polícia turca impede realização de congresso extraordinário de partido da oposição

Polícia turca impede realização de congresso extraordinário de partido da oposição
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia turca impediu a realização de um congresso extraordinário do Partido Movimento Nacionalista (MHP), bloqueando o acesso ao hotel de Ancara onde o evento deveria acontecer. Com esta reunião, centenas de elementos do MHP pretendiam destituir o atual líder Devlet Bahceli. Uma mudança de liderança que não agradará ao presidente da Turquia, já que isso pode significar a perda do imprescindível apoio do MHP para alterar a constituição, de forma a reforçar os poderes de Erdogan.

“Aqueles que mudaram o primeiro-ministro do AKP numa hora estão agora a comportar-se de uma maneira ilegal e antidemocrática para impedir o Partido Movimento Nacionalista de realizar este congresso”, afirmou Meral Aksener, candidata favorita a suceder ao atual líder do MHP.

Na sexta-feira de manhã, o Supremo Tribunal da Turquia confirmou a realização do congresso extraordinário do MHP, mas estranhamente, acabou por prevalecer a decisão contrária tomada por um tribunal comum horas depois.