Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Voo MS804: Ministro egípcio diz que atentado é mais provável que falha técnica

Voo MS804: Ministro egípcio diz que atentado é mais provável que falha técnica
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O ministro da aviação egípcia, Sherif Fathi, afirmou como mais provável a hipótese de um ataque terrorista do que a de falha técnica para o desaparecimento do Airbus320, da companhia EgyptAir, num voo entre Paris e o Cairo (voo MS804), na madrugada desta quinta feira.

Afastar a hipótese de falha técnica pareceu o mais importante para o ministro egípcio, que afirmou: “Os procedimentos de segurança para aviões são internacionais, o avião passa por várias verificações securitárias, tal como os passageiros são controlados em diferentes pontos. De acordo com as leis em vigor nos aeroportos de todo o mundo, um avião nunca teria autorização para voar até se verificar que é seguro.”

Este desastre aéreo vem somar-se a outros incidentes recentes, reforçando nas autoridades egípcias a necessidade de controlar e prever ameaças securitárias que redundem em enormes perdas económicas.

Até agora, apesar da actividade da equipa de busca internacional, o único facto é o do desaparecimento do avião e das 66 pessoas a bordo, apesar de as teses se multiplicarem.

O último contacto com o aparelho foi feito em espaço aéreo grego e tudo parecia normal, segundo os controladores aéreos. O contacto seguinte, com o avião prestes a sobrevoar espaço aéreo egípcio, foi infrutífero. Dois minutos depois, desaparecia dos radares.