Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Bolsas: Investidores receiam medidas do Banco Central dos Estados Unidos

Bolsas: Investidores receiam medidas do Banco Central dos Estados Unidos
Tamanho do texto Aa Aa

Um dia negativo para as principais bolsas europeias. Os mercados encerraram em queda e a Bolsa de Lisboa, seguiu a tendência. O índice PSI 20 perdeu 1,39%.

O índice pan-europeu Eurostoxx 50 recuava também 1,32%, penalizado pelo setor bancário.

As praças registam a maior queda diária dos últimos 3 meses e Londres desceu 1,12%. Os investidores temem uma subida, em breve, das taxas de juro por parte do banco central norte-americano. Milão caiu 1,84%, Madrid desceu 1,76% e Frankfurt 1,34%, enquanto Paris perdeu 1,15%.

As bolsas europeias seguiam a tendência das asiáticas – que já tinham recuado. No mercado privilegiam-se agora valores seguros como o Yen, a divisa japonesa.

O barril de Brent abriu em baixa no mercado de Londres, com uma cotação de 45.02, mas no final do dia inverteu a tendência – para os 46.21, por barril.