Última hora
This content is not available in your region

Parlamento da Catalunha aprova realização de referendo "vinculativo"

euronews_icons_loading
Parlamento da Catalunha aprova realização de referendo "vinculativo"
Tamanho do texto Aa Aa

Com ou sem autorização de Madrid. A Catalunha vai organizar um referendo independentista “vinculativo”.

O parlamento regional catalão aprovou uma resolução para que a consulta popular seja convocada o mais tardar dentro de um ano.

Numa assembleia dominada por independentistas, a proposta apresentada por Carles Puigdemont, venceu com 55% por cento dos votos.

A resolução estabelece que o referendo sobre a independência seja “vinculativo” e celebrado o mais tardar em setembro do próximo ano, com ou sem acordo do Estado.

É mais um desafio à justiça espanhola. Horas antes do voto, o Tribunal Constitucional e o Supremo iniciaram ações contra personalidades catalãs, onde se inclui a presidente do parlamento Carme Forcadell.

É também um teste à coesão de Espanha, com um governo central de gestão há 10 meses, à espera do fim do impasse político saído das eleições legislativas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.