EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

FIFA multa Federação Espanhola por transferências de menores

FIFA multa Federação Espanhola por transferências de menores
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os casos referem-se a contratações do Real Madrid e do Atlético de Madrid

PUBLICIDADE

Com EFE

A FIFA defendeu-se, esta terça-feira, da multa de 200 mil euros que impôs à Federação Espanhola de Futebol por causa das transferências internacionais de jogadores menores. A organização internacional diz que a multa se justifica, já que o importante é garantir o desenvolvimento dos jovens.

Os regulamentos da FIFA proíbem as transferências internacionais de menores, exceto em três casos: Quando os pais mudam para o país do clube contratador, por razões não relacionadas com futebol, no caso de transferências no interior da União Europeia, para os jovens de entre 16 e 18 anos, ou quando a residência do menor e a sede do clube ficam perto de uma fronteira comum.

Os clubes visados no processo, que foram também multados e proibidos de fazer transferências em dois mercados consecutivos, são o Real Madrid e o Atlético de Madrid. No caso do Real, as transferências em causa foram feitas entre 2005 e 2014. No caso do Atlético, de 2007 a 2014. Ambos os clubes recorreram da decisão, mas viram os recursos rejeitados. A Federação Espanhola tem agora seis meses para regularizar a situação e impedir novos casos destes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Dani Alves considerado culpado de violação de uma mulher numa discoteca em Espanha

Barcelona suspeito de corrupção

Real Madrid recebe Mbappé com um grande espetáculo no Bernabéu