EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

PM checo volta atrás com demissão

PM checo volta atrás com demissão
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No centro desta crise política está a luta de Bohuslav Sobotka para demitir o ministro das Finanças.

PUBLICIDADE

O primeiro-ministro da República Checa, Bohuslav Sobotka, voltou atrás com a decisão de se demitir e mantém o braço-de-ferro com o presidente Miloš Zeman, em torno da continuidade do ministro das Finanças Andrej Babiš no governo.

O primeiro-ministro esbarrou no presidente ao tentar afastar Babiš, um milionário, do governo de coligação, depois de uma fuga de informações: “O ministro das Finanças não admite os erros que cometeu e não deixa o governo, embora o problema dele, na minha opinião, seja ter excedido os limites do que se pode fazer no sentido de manter uma cultura política básica”, disse o chefe do governo.

Em causa está a divulgação de uma conversa privada, que sugeria pressões de Babiš sobre jornalistas para atacar rivais políticos: “O primeiro-ministro surpreende todos os dias. Agora, está a mudar de posição pela quarta vez. Parece um cómico. Não entendo e rejeito os argumentos dele para pedir a minha demissão. É uma campanha direcionada”, defende-se o responsável pelas Finanças.

O partido de Babiš é dado como favorito para as eleições legislativas de outubro. O parlamento checo vai discutir esta quarta-feira as fugas de informação relativas ao magnata e ministro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Primeiro-ministro da Escócia demite-se

Análise: “Por detrás da decisão de Sánchez está uma estratégia de preparação para as eleições”

Chefe dos serviços secretos militares israelitas demite-se por não ter evitado ataque do Hamas