Protestos pela democracia voltam a Hong Kong

Protestos pela democracia voltam a Hong Kong
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os protestos ocorreram um dia antes da chegada do presidente chinês, Xi Jinping.

PUBLICIDADE

A polícia de Hong Kong deteve, esta quarta-feira, vários ativistas pró-democracia, durante uma manifestação em frente ao monumento que assinala a passagem da soberania do território do Reino Unido para a China.

Os protestos ocorreram um dia antes da chegada do presidente chinês, Xi Jinping, que se desloca à cidade para celebrar duas décadas da política de “um país, dois sistemas”.

Spoke with a few Chinese tourists watching the #HongKong protest with confusion. “Who is #LiuXiaobo?” They asked. pic.twitter.com/ekEQvLACGJ

— Venus Wu (@wu_venus) June 28, 2017

Além de exigirem a mudança do regime, os manifestantes pediam a libertação do Prémio Nobel da Paz, o ativista Liu Xiaobo.

O protesto culminou com a detenção de vários ativistas entre os quais, Joshua Wong. O militante ficou conhecido como sendo o rosto do movimento pró-democracia que em 2014 ocuparam as ruas de Hong Kong durante 79 dias.

Joshua Wong violently dragged out of Bauhinia Square into that police van awaiting arrest#BlackBauhinia#hk20pic.twitter.com/YTXO4IREei

— Joel Christian (@2legit2trip) June 28, 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Justiça de Hong Kong anula algumas condenações de sete ativistas da democracia

Dezenas de manifestantes anti-NATO entram em confronto com a polícia em Nápoles

Protestos convocados à medida que a Geórgia revive polémica lei sobre 'agentes estrangeiros'