EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Merkel obrigada a compor uma "geringoça" germânica

Merkel obrigada a compor uma "geringoça" germânica
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Chanceler diz pretender chegar a um acordo para uma coligação até "ao Natal".

PUBLICIDADE

A Alemanha pode enfrentar meses de difíceis negociações para formar uma coligação.

Angela Merkel deu início à tarefa de tentar construir um governo depois das eleições do domingo passado.
Os analistas perspetivam Merkel numa liderança mais fraca, com a possibilidade de uma coligação com o FDP e os Verdes.

A Chanceler diz estar aberta a negociações: “Vamos tentar estabelecer conversações com o FDP e com os Verdes, mas também com o SPD – acrescento – porque creio que é importante que a Alemanha tenha um governo estável. Ouvi as palavras do SPD mas, no entanto, devemos manter-nos em contato.”

O líder do SPD, Martin Schulz, diz que seu partido não tem outra escolha senão entrar em oposição: “Não voltaremos à agenda habitual, uma derrota amarga como a de ontem precisa de uma renovação completa.”

O Partido Democrático Liberal (FDP) pretende pretende exercer pressão sobre Merkel para a entrada na coligação. Têm como objetivo uma mudança de direção do governo alemão caso contrário não haverá acordo com os conservadores nem com os Verdes.

Merkel assegurou um quarto mandato, mas assistiu à ascenção da extrema direita.

A Chanceler diz pretender chegar a um acordo para uma coligação até “ao Natal”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

AfD: o desafio alemão

Voto na extrema-direita alemã foi "protesto" contra a grande coligação

Eleições alemãs parecem não preocupar investidores