Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Turquia e EUA tentam resolver crise diplomática

Turquia e EUA tentam resolver crise diplomática
Tamanho do texto Aa Aa

A crise diplomática entre Ancara e Washington deve ser resolvida o mais rápido possível. A vontade foi expressada pelos responsáveis máximos das relações externas da Turquia e dos Estados Unidos, que têm estado em contacto permanente. Mas a verdade é que a emissão de toda a espécie de vistos nos respetivos serviços consulares e diplomáticos continua suspensa.

O primeiro-ministro turco, Binali Yıldırım, também demonstrou vontade de reatar as boas relações com o grande aliado americano o mais rápido possível e garantiu que o bom senso se vai manter nestas diligências.

Recorde-se que esta crise foi despoltada depois de um funcionário turco do consulado dos EUA em Istambul ter sido detido sob suspeita de ligações ao clérigo Fethullah Gülen, o antigo aliado do Presidente turco Recep Tayyip Erdogan, que as autoridades do país continuam a responsabilizar pelo golpe de Estado falhado de julho de 2016.

A detenção foi condenada pelo governo americano, que a classifica como “infundada” e “danosa” para as relações bilaterais entre os dois países.