EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Estendido prazo de detenção de dois jornalistas da Reuters em Myanmar

Estendido prazo de detenção de dois jornalistas da Reuters em Myanmar
Direitos de autor 
De  Euronews com Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os dois jornalistas compareceram esta quarta-feira em tribunal e deverão permanecer detidos ao longo de mais duas semanas.

PUBLICIDADE

Os dois jornalistas da agência Reuters detidos a 12 de dezembro num município no norte de Rangum, antiga capital de Myanmar, vão permanecer na mesma situação ao longo de mais de duas semanas, de acordo com o advogado dos mesmos.

Wa Lone, de 31 anos, e Kyaw Soe Oo, de 27, compareceram esta quarta-feira em tribunal. Antes de serem detidos tinham sido acusados pela polícia local de estarem na posse de "importantes documentos classificados", que terão sido obtidos através de dois agentes.

Os referidos documentos estão, ao que tudo indica, relacionados com a operação do exército realizada no norte do estado de Rakhine, no oeste de Myanmar, contra a minoria rohingya.

Caso venham a ser condenados enfrentam uma pena de prisão de 14 anos, a mesma que poderá vir a ser sentenciada aos dois agentes da polícia que forneceram os documentos e que se encontram igualmente detidos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícias francesa e espanhola simulam ataque terrorista em preparação para os Jogos Olímpicos

Caça ao homem em França depois de emboscada a carrinha celular que matou dois guardas prisionais

Violência policial aumenta em Amsterdão durante protestos pró-Palestina