Última hora
This content is not available in your region

Dia grande para Brady Leman em PyeongChang

euronews_icons_loading
Dia grande para Brady Leman em PyeongChang
Tamanho do texto Aa Aa

Brady Leman não esperava por esta mas acabou por acontecer. O canadiano venceu a final masculina de esqui cross. Há dois meses acreditava que o pior que podia acontecer era partir de novo uma perna, como aconteceu em Vancouver, ou ficar em quarto, como em Sóchi. O esquiador de 31 anos cruzou a meta à frente de Marc Bischofberger da Suíça e conquistou a nona medalha de ouro para o Canadá em Pyeongchang, a primeira nesta modalidade.

Em patinagem de velocidade, perseguição por equipas, não foi o dia da Holanda, detentora dos anteriores títulos feminino e masculino. Na prova feminina o trio japonês estabelece um novo recorde olímpico e empurraram a laranja mecânica para o segundo lugar. O bronze foi para os EUA.

Na prova masculina a Noruega patinou rumo a uma grande vitória mas frente à Coreia do Sul com os holandeses a terem de contentar-se com o bronze.

Na competição de pares de Bobsleigh o ouro feminino foi para uma dupla alemã, Mariama Jamanka e Lisa Buckwitz. Elana Meyers Taylor e Lauren Gibbs, dos EUA, ficaram em segundo e Kaillie Humphries e Phylicia George, do Canadá, em terceiro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.