Última hora

Última hora

Dia grande para Brady Leman em PyeongChang

Dia grande para Brady Leman em PyeongChang
Tamanho do texto Aa Aa

Brady Leman não esperava por esta mas acabou por acontecer. O canadiano venceu a final masculina de esqui cross. Há dois meses acreditava que o pior que podia acontecer era partir de novo uma perna, como aconteceu em Vancouver, ou ficar em quarto, como em Sóchi. O esquiador de 31 anos cruzou a meta à frente de Marc Bischofberger da Suíça e conquistou a nona medalha de ouro para o Canadá em Pyeongchang, a primeira nesta modalidade.

Em patinagem de velocidade, perseguição por equipas, não foi o dia da Holanda, detentora dos anteriores títulos feminino e masculino. Na prova feminina o trio japonês estabelece um novo recorde olímpico e empurraram a laranja mecânica para o segundo lugar. O bronze foi para os EUA.

Na prova masculina a Noruega patinou rumo a uma grande vitória mas frente à Coreia do Sul com os holandeses a terem de contentar-se com o bronze.

Na competição de pares de Bobsleigh o ouro feminino foi para uma dupla alemã, Mariama Jamanka e Lisa Buckwitz. Elana Meyers Taylor e Lauren Gibbs, dos EUA, ficaram em segundo e Kaillie Humphries e Phylicia George, do Canadá, em terceiro.