Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Primeiro-ministro esloveno anuncia demissão

Primeiro-ministro esloveno anuncia demissão
Direitos de autor
REUTERS/Borut Zivulovic
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro da Eslovénia anunciou a demissão, em resposta à decisão do Supremo Tribunal de anular um referendo sobre um polémico projeto ferroviário.

Miro Cerar apresentará hoje formalmente a renúncia do cargo ao presidente Borut Pahor, mas irá manter-se em funções até à constituição de um novo governo, na sequência das eleições gerais inicialmente previstas para 10 de junho, mas que deverão ser antecipadas.

Cerar é um feroz defensor do projeto ferroviário entre Koper e Divaca, junto à fronteira com Itália, que considera essencial "para o desenvolvimento" da Eslovénia. O Supremo Tribunal anulou a consulta popular de setembro do ano passado, em que 53 por cento dos eleitores tinham validado o financiamento público do projeto.