Caravana de Lula da Silva atingida a tiro

Caravana de Lula da Silva atingida a tiro
Direitos de autor REUTERS/Diego Vara
De  Miguel Roque Dias com Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Dois dos três autocarros da comitiva do antigo presidente foram atingidos por três tiros. Não há registo de feridos. O veículo que transportava Luiz Inácio Lula da Silva não foi atingido.

PUBLICIDADE

A Caravana eleitoral de Lula da Silva foi atingida a tiro, na noite desta terça-feira.

De acordo com a Polícia Civil de Laranjeiras do Sul, no estado do Paraná, no sul do Brasil, dois dos três autocarros da comitiva do antigo presidente foram atingidos por três tiros.

Não há registo de feridos. O veículo que transportava Luiz Inácio Lula da Silva não foi atingido.

A Polícia Civil do Paraná abriu já um inquérito. Nos dois autocarros seguiam jornalistas, parlamentares e convidados.

Segundo os media brasileiros, os dois veículos foram também atingidos por pedras e ovos e tiveram os pneus furados.

Na conta oficial do Twitter, Lula da Silva afirmou que a caravana estava a ser "perseguida por grupos fascistas".

O ex-chefe de Estado está em campanha eleitoral para as eleições presidenciais de outubro. Na segunda-feira, viu o tribunal de Porto Alegre manter a condenação a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Lula da Silva permanece em liberdade, pelo menos até 4 de abril, altura em que o Supremo Tribunal Federal vai analisar o "habeas corpus" preventivo apresentado pela defesa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Supremo decide futuro de Lula

Lula da Silva: "Só quero que se faça justiça"