EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Morreu Winnie Mandela, ativista e antiga primeira-dama da África do Sul

Morreu Winnie Mandela, ativista e antiga primeira-dama da África do Sul
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Winnie morreu de doença prolongada, depois de ter sido hospitalizada várias vezes desde o início deste ano.

PUBLICIDADE

Morreu Winnie Madikizela-Mandela, antiga primeira-dama da África do Sul. A ex-mulher de Nelson Mandela morreu aos 81 anos. A notícia foi avançada esta segunda-feira por um assistente de Winnie Mandela.

A ativista anti-apartheid morreu de doença prolongada, depois de ter sido hospitalizada várias vezes desde o início deste ano.

Winnie Madikizela-Mandela nasceu a 26 de setembro de 1936 em Bizana, na província do Cabo Oriental. Iniciou-se na política muito jovem, quando trabalhava como assistente social num hospital. Conheceu Nelson Mandela aos 22 anos numa paragem de autocarro no Soweto e um ano depois casou-se com o histórico líder anti-apartheid.

Enquanto o marido esteve preso, Winnie destacou-se como a figura principal da luta contra a segregação racial e chegou a ser condenada a prisão domiciliária.

Nelson Mandela foi libertado em 1990 e a imagem dos dois correu o mundo.

Acabaram por se separar em 1996.

Mesmo depois do divórcio Winnie Mandela foi nomeada ministra das Artes, Cultura, Ciência e Tecnologia: cargo que ocupou durante 11 meses, até ser demitida por Nelson Mandela depois de várias acusações de corrupção.

Partilhe esta notíciaComentários