Última hora

Última hora

Menos mortes nas estradas da UE

Em leitura:

Menos mortes nas estradas da UE

Menos mortes nas estradas da UE
Tamanho do texto Aa Aa

Em 2017 morreram menos pessoas nas estradas da União Europeia, mas o balanço continua a ser alarmante para Bruxelas. De acordo com os dados preliminares divulgados pela Comissão Europeia, no ano passado mais de 25 mil pessoas morreram nas estradas da Europa. No entanto, registaram-se menos 300 mortes do que em 2016.

Os países da Europa de Leste registaram os piores cenários mas também a Grécia e Portugal, onde o número de mortes nas estradas subiu 14% em 2017.

No lado oposto estão os países nórdicos, a Alemanha, o Reino Unido e a Espanha.

Os acidentes com veículos provocaram a maioria das mortes. Seguiram-se os incidentes com peões e só depois com motos e bicicletas. A faixa etária entre os 25 e os 49 anos foi a mais afetada nos acidentes de trânsito.

Para reforçar a segurança rodoviária, a Comissão Europeia vai direcionar os investimentos para os locais mais problemáticos e melhorar as regras de segurança para veículos.