Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Árbitros do Mundial'2018 já treinam com o VAR

Árbitros do Mundial'2018 já treinam com o VAR
Direitos de autor
Árbitros trabalharam com o VAR em Florença
Tamanho do texto Aa Aa

Os árbitros escolhidos pela FIFA para o próximo Campeonato do Mundo de futebol, na Rússia, já preparam a primeira edição do torneio com o auxílio do vídeoárbitro (VAR).

Os 36 juízes e 63 assistentes estão concentrados num estágio em Florença (Itália), que se prolonga por duas semanas, trabalhando com o sistema que, pela primeira vez desde a sua implementação em diversos campeonatos, terá os lances analisados a serem igualmente mostrados aos adeptos nos ecrãs dos estádios russos.

Este anúncio da FIFA surgiu como uma resposta às críticas de que o controverso VAR não é claro para o público presente nos estádios.

"É normal antes de se começar a usar algo que é novo e que não é bem conhecido por muitos que alguém possa estar céptico sobre isso. O que podemos dizer é que o objetivo é claro - o vídeoárbitro pode corrigir grandes erros que tenham sido cometidos", frisou Pierluigi Collina, presidente do Comité de Arbitragem da FIFA.

Contudo, o antigo árbitro italiano e atual líder do setor na FIFA assegurou que a discussão não vai desaparecer, uma vez que os lances continuarão a estar sujeitos à interpretação dos juízes de campo.

A FIFA revelou em março que ia avançar com o sistema de vídeoárbitro no Mundial, depois de o International Board - entidade que regula as regras da arbitragem - ter autorizado as modificações nas Leis do Jogo.