Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Iémen: situação dramática nos hospitais e centros médicos de Hodeida

Iémen: situação dramática nos hospitais e centros médicos de Hodeida
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Falta material e medicamentos e falta espaço para acomodar o crescente número de vítimas. O conflito em Hodeida, no Iémen, desalojou milhares de pessoas e deixou os hospitais e os centos médicos numa situação dramática.

A cidade portuária é uma região estratégica que serve como base de distribuição de alimentos, água e medicamentos. Esta quinta-feira, a missão da Cruz Vermelha teve de instalar-se numa escola que está a ser usada como abrigo dos ataques aéreos e dos combates.

A coligação árabe pró-governamental, liderada pela Arábia Saudita, já conseguiu recuperar o controlo do aeroporto mas os combates continuam noutras zonas da cidade

A guerra no Iémen começou em 2015 quando os rebeldes houthis, apoiados por Teerão, ocuparam várias regiões do país

O conflito já matou cerca de 10 mil pessoas.