Pausa na ofensiva por Hodeida numa oportunidade para a paz

Pausa na ofensiva por Hodeida numa oportunidade para a paz
De  Antonio Oliveira E Silva com REUTERS
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Emirados Árabes Unidos querem que ONU tente diálogo com rebeldes xiitas hutis.

PUBLICIDADE

Os Emirados Árabes Unidos anunciaram uma pausa na ofensiva contra os hutis no Iémen, os rebeldes xiitas apoiados plo Irão e que controlam o Porto de Hodeida.

Espera-se que as Nações Unidas possam negociar uma retirada. O anuncio foi feito pelo ministro dos Negócios Estrangeiros na rede social Twitter, Anwar Gargash, que desejou boa sorte ao envi ado especial da ONU.

A ofensiva por Hodeida começou dia 12 de junho. É a batalha mais dura na guerra entre rebeldes hutis e a coligação emirato-saudita.

As Nações Unidas dizem que mais de oito milhões poderão morrer de fome na região do Porto de Hodeida, no Mar Vermelho  de uma importância vital para o Iémen.

Pelo porto chegam mantimentos e ajuda internacional. O país do Golfo depende de importação para 90% por cento das necessidades básicas. Cerca de 70% dessas importações chegam pelo Porto de Hodeida.

Milhares de pessoas deixaram a região e refugiaram-se em Sanaa, a capital iemenita, controlada pelos rebeldes xiitas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Iémen: situação dramática nos hospitais e centros médicos de Hodeida

Iémen: Tropas árabes tomam aeroporto de Hodeida

Enviado da ONU para o Iémen espera retomar negociações de paz em julho