Ministro do Interior alemão demite-se em desacordo com política migratória de Merkel

Ministro do Interior alemão demite-se em desacordo com política migratória de Merkel
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A informação é avançada pela agência France Press. Seehofer, que é presidente do partido-irmão bávaro (CSU) da CDU de Merkel, defende insiste que não há outra alternativa a não ser expulsar migrantes.

PUBLICIDADE

O ministro alemão do Interior, Horst Seehofer vai demitir-se por estar em desacordo com a Angela Merkel devido à política de migração. A informação é avançada pela agência France Press, que cita fontes do partido que lidera. Seehofer, que é presidente do partido-irmão bávaro (CSU) da CDU de Merkel, defende que os migrantes que tenham sido inicialmente registados noutro Estado-membro da União Europeia sejam deportados uma vez chegados junto às fronteiras da Alemanha.

O CSU já se tinha mostrado em descontente com a acordo que foi alcançado pelos Estados-membros na última Cimeira Europeia.

A aliança CDU-CSU vigora desde 1949 mas está agora fica fragilizada, uma vez que os deputados bávaros apoiam as medidas propostas pelo seu líder.

Sem o apoio dos parlamentares da CSU, o governo de coligação entre a CDU e o SPD deixaria de ter maioria absoluta no Bundestag. Merkel nunca governou sem maioria absoluta, para além de não ser uma situação habitual no sistema político germânico.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Futuro da migração na Alemanha nas mãos dos Social-Democratas

Merkel reúne-se com Seehofer para decidir futuro da coligação