Última hora
This content is not available in your region

Defesa de Harvey Weinstein quer anular acusações de abuso sexual

euronews_icons_loading
Defesa de Harvey Weinstein quer anular acusações de abuso sexual
Tamanho do texto Aa Aa

Os advogados do produtor Harvey Weinstein querem que o tribunal de Nova Iorque anule o processo de violação e abuso sexual.

Em causa está a existência de e-mails que alegadamente provam um relacionamento com uma das vítimas que o acusou de violação e que a defesa considera ser um "relacionamento íntimo, consensual e de longa duração” entre Weinstein e uma mulher não identificada que o acusou de a violar em 2013.

A mulher e Weinstein comunicaram durante um período de mais de quatro anos após a data que ela disse ter sido abusada por ele, disseram ainda os advogados de Weinstein.

A acusação ainda não reagiu a este pedido, sendo que se o produtor de Hollywood for considerado culpado de todas as acusações pode enfrentar a prisão perpétua

Weinstein, que se tornou o vilão da campanha #MeToo depois de dezenas de mulheres o terem acusado de assédio sexual, continua a declarar-se inocente nas acusações das três mulheres neste processo e está livre após pagar uma fiança de um milhão de dólares.