EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Calor afeta agricultura de vários países europeus

Campo de trigo na Alemanha
Campo de trigo na Alemanha Direitos de autor REUTERS/KAI PFAFFENBACH
Direitos de autor REUTERS/KAI PFAFFENBACH
De  Ricardo Borges de Carvalho com Reuters/APTN
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Campos de trigo no Reino Unido revelam rachas no solo após a colheita, algo raramente visto no país. Militares transportam água para quintas de pecuária nos alpes suíços para evitar que as vacas sofram com a falta de água.

PUBLICIDADE

A época da colheita no norte do Reino Unido já começou e a passagem dos tratores está a pôr a nu os efeitos da longa temporada de calor. O solo agrícola está com rachas raramente vistas por estar paragens. Um sintoma da pouca água que as terras têm recebido nos últimos meses.

Falta de água que está a ser combatida de helicóptero nas montanhas suíças. Os militares levam a água dos lagos até às quintas de criação de gado onde cerca de 40 mil vacas sofrem com a seca.

O conselheiro da região suíça de Vaud, Phillipe Leuba, diz que "a situação é muito preocupante porque desde 1921 que a Suíça não tinha uma primavera com tão pouca chuva. As fontes estão quase secas e as vacas bebem entre 80 e 150 litros de água por dia."

Dezenas de agricultores na região já tiveram de recorrer à ajuda militar, é o caso de Gregoire Martin, produtor de gado em Rossinière.

"Há 13 anos que arrendo esta pastagem e já tivemos que recorrer ao transporte aéreo de água algumas vezes, mas nunca desta forma. Há dois anos recorremos ao helicóptero militar, mas não podemos continuar assim. O nosso proprietário está a tentar criar um lago artificial para armazenar a água durante o inverno, o que deverá ser suficiente para as necessidades do gado durante o verão".

Calor que os produtores de vinho franceses até agradecem. Dizem que as vinhas gostam de sol, especialmente nesta altura de colheita, e esperam mesmo um ano acima da média em termos de produção.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Cheira bem, cheira a lavanda espanhola

Calor provoca seca na Escandinávia

Eleições europeias: O que é que os eleitores querem e o que é que os candidatos prometem?