A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Cidade do México proíbe modelos em atos oficiais

Cidade do México proíbe modelos em atos oficiais
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Mulheres bonitas, pagas para sorrir e fazer de figurantes em eventos desportivos, inaugurações e outros atos oficiais na Cidade do México: uma tradição com os dias contados, depois da administração da capital mexicana ter decidido proibir a contratação das modelos, conhecidas como "edecanes", para eventos patrocinados pelo governo local.

O presidente da Câmara da Cidade do México, Ramin Amieva, diz que "este tipo de trabalho não deve existir. Vai contra os princípios da igualdade de género e as mulheres são reduzidas a um estereótipo, o que não é consistente com a visão da administração da cidade e da Comissão de Direitos Humanos".

Grupos de defesa dos direitos das mulheres consideram que o uso generalizado de modelos em eventos políticos e corporativos no México objetifica o sexo feminino e perpetua as atitudes machistas, propagando os riscos de violência de género.