Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

BCE revê em baixa crescimento da Zona Euro

BCE revê em baixa crescimento da Zona Euro
Tamanho do texto Aa Aa

O Banco Central Europeu reviu esta quinta-feira em baixa as previsões de crescimento económico na zona euro.

Para este ano, passou de 2,1% para 2% e para o próximo ano baixou de 1,9% para 1,8%.

Cortes de uma décima, sendo que o BCE prevê que a inflação se mantenha nos 1,7% nos próximos anos.

Mas há ameaças ao crescimento económico que preocupam o Presidente da instituição, Mario Draghi.

"Os riscos ao crescimento económico da zona euro ainda podem ser considerados como globalmente equilibrados. Ao mesmo tempo, os riscos relacionados com o protecionismo, as vulnerabilidades nos mercados emergentes e a volatilidade nos mercados financeiros ganharam maior importância recentemente."

O Banco Central Europeu decidiu também manter as taxas de juro na zona euro inalteradas e confirmou que o programa de compra de ativos vai terminar no fim do ano, desde que a situação económica não piore.