Última hora

Última hora

Republicanos aceitam investigação do FBI sobre Kavanaugh

Republicanos aceitam investigação do FBI sobre Kavanaugh
Tamanho do texto Aa Aa

Uma reviravolta no fim da audiência em que o Comité Judicial do Senado dos EUA aprovou Brett Kavanuagh como candidato ao lugar de juiz no Supremo Tribunal ditou mais um compasso de espera no polémico processo.

Os republicanos aceitaram a abertura de uma investigação adicional de uma semana, pelo FBI, aos alegados abusos sexuais cometidos pelo escolhido de Donald Trump.

Enquanto isso, a confirmação final em todo o Senado e não apenas pelo Comité Judicial fica em suspenso.

"Estou satisfeito pelo Comité Judicial ter avançado e fazer avançar o processo de nomeação. Foi um passo importante para superar a obstrução democrata a que temos assistido", sublinhou o senador republicano Ted Cruz.

Foi o também senador republicano Jeff Flake que pediu à última hora uma semana de prazo para as investigações depois de ser abordado por uma vítima de agressão sexual.

"Penso que o senador Jeff Flake nos fez um favor. Ao Comité Judicial do Senado, ao Senado e à nação. Esta situação merecia uma investigação do FBI. Manifestou-se apelando a isso mesmo. Num período de tempo e com um número de alegações controlados", ressalvou o senador democrata Dick Durbin.

Se for aprovado pelos senadores, o juiz Brett Kavanaugh substituirá Anthony Kennedy no Supremo Tribunal. Deverá adotar uma postura mais conservadora em questões como ocasamento homossexual, pena de morte e aborto.