Pentágono recebe correio suspeito de conter ricina

Pentágono recebe correio suspeito de conter ricina
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Pentágono recebeu correio suspeito de conter ricina. Um dos envelopes era dirigido ao secretário da Defesa dos EUA, Jim Mattis. O FBI está a investigar.

PUBLICIDADE

O Pentágono informou ter recebido correio suspeito de conter ricina, uma das toxinas mais letais de que há conhecimento.

Em comunicado, autoridades disseram que toda a área dos correios das instalções foi colocada sob quarentena e que o FBI está a analisar o correio suspeito, que foi encontrado durante a triagem normal.

Um dos envelopes era dirigido ao secretário da Defesa, Jim Mattis, que atualmente se encontra numa viagem oficial a França.

Não é a primeira vez que endereços do governo dos Estados Unidos recebem envelopes com suspeita de ricina. Em 2013, por exemplo, foram enviados a um senador, à Casa Branca e a um funcionário da justiça do Mississipi.

A ricina pode causar a morte num período entre 36 e 72 horas numa exposição a uma quantidade tão pequena quanto uma cabeça de alfinete. Não há antídoto conhecido para esta proteína.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tiroteio mortal, nos EUA: Polícia local fala em motivações raciais, o atirador "odiava os negros"

Trump prepara-se para audiência no tribunal

Trump é acusado de mandar apagar imagens incriminatórias no caso dos documentos secretos