Última hora

Última hora

Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 terão equipa de refugiados

Em leitura:

Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 terão equipa de refugiados

Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 terão equipa de refugiados
Tamanho do texto Aa Aa

À semelhança do que aconteceu em 2016, no Rio de Janeiro, em 2020, em Tóquio, uma equipa de refugiados estará presente nos Jogos Olímpicos, pela segunda vez na história.

A decisão foi anunciada esta terça-feira, em Buenos Aires, na Argentina. Dezenas de desportistas de sete disciplinas diferentes foram identificados mas poderá haver mais.

"Neste momento apoiamos 51 atletas refugiados que identificámos. É um número que pode aumentar rumo aos Jogos Olímpicos de 2020 em Tóquio", explicou, em conferência de imprensa o presidente do Comité Olímpico Internacional, Thomas Bach.

Do grupo constam também os dez atletas que integraram a Primeira Equipa Olímpica de Refugiados, criada pelo Comité Olímpico Internacional em 2015, e que esteve presente no Rio de Janeiro. Na altura como agora mantêm-se os alertas para o drama dos refugiados.

A definição da equipa de refugiados só deverá acontecer em 2020.