Última hora

Prémio Anticorrupção distingue jornalista maltesa assassinada

Prémio Anticorrupção distingue jornalista maltesa assassinada
Tamanho do texto Aa Aa

A jornalista maltesa Daphne Caruana Galizia, assassinada há dois anos, e Ana Garrido Ramos, que denunciou o caso Gürtel, são as vencedoras do Prémio Anticorrupção de 2018, atribuído pela Transparência Internacional. Nesta edição do The Brief veja também o protesto ambientalista contra o banco ING.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.