Prémio Anticorrupção distingue jornalista maltesa assassinada

Prémio Anticorrupção distingue jornalista maltesa assassinada
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A jornalista maltesa Daphne Caruana Galizia, assassinada há dois anos, e Ana Garrido Ramos, que denunciou o caso Gürtel, são as vencedoras do Prémio Anticorrupção de 2018, atribuído pela Transparência Internacional. Nesta edição do The Brief veja também o protesto ambientalista contra o banco ING.

PUBLICIDADE

A jornalista maltesa Daphne Caruana Galizia, assassinada há dois anos, e Ana Garrido Ramos, que denunciou o caso Gürtel, são as vencedoras do Prémio Anticorrupção de 2018, atribuído pela Transparência Internacional. Nesta edição do The Brief veja também o protesto ambientalista contra o banco ING.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Torre Eiffel às escuras em memória dos jornalistas mortos

Von der Leyan renova apelo à aquisão conjunta de armas na UE

Viúva de Navalny pede investigação das ligações financeiras de Putin ao Ocidente