EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

"Ela só está a respeitar o voto do povo"

"Ela só está a respeitar o voto do povo"
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Nas ruas de Londres, uns acreditam que Theresa May está "a fazer um bom trabalho", outros acreditam que o Brexit deveria ter sido abordado de outra maneira

PUBLICIDADE

Nas ruas de londres, a incerteza deste acordo prevalece e há quem acredite que Theresa May esteja a fazer um bom trabalho, e quem considere que o Brexit deveria ter sido abordado de outra forma.

Theresa May mantém a confiança no acordo Brexit com a União Europeia e diz que não vai desisitir daquilo que delineou. Convenceu o executivo, está a tentar convencer o parlamento mas também: a confiança dos britânicos.

"Sinto que Theresa May foi corajosa. Provou que tem garra.", disse um britânico à Euronews. 

"Vamos voltar atrás e reavaliar se ela não está a fazer um bom negócio para nós....Não é culpa dela, só está a respeitar o voto do público.", admitiu um outro popular.

"Não concordo com o Brexit e não posso dizer mais do que isso. Acho que deveria haver uma votação.", disse uma mulher.

Reuters
Theresa MayReuters

"Não gosto do acordo. Nem sequer deveria ter chegado a este ponto. Os planos deveriam ter sido expostos bem antes de chegarmos a esta situação e, no dia do Brexit, alguém deveria ter estado no "Avião para a Europa" e dizer: 'Olhe, eles estão a ir embora: o que é que nos podem dar?' E aí estaríamos num ponto em que teria resultado algo melhor do que a situação em que estamos agora.", admitiu um jovem comerciante. 

O acordo de Theresa May poderá dar mais um passo de sucesso já no próximo mês de dezembro, com a votação do parlamento britânico.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

May explica acordo para o Brexit na rádio

Brexit: Theresa May rejeita demitir-se

Reino Unido prepara-se para uma mudança política com o Partido Trabalhista a tentar uma vitória eleitoral histórica