Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

"Ela só está a respeitar o voto do povo"

"Ela só está a respeitar o voto do povo"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Nas ruas de londres, a incerteza deste acordo prevalece e há quem acredite que Theresa May esteja a fazer um bom trabalho, e quem considere que o Brexit deveria ter sido abordado de outra forma.

Theresa May mantém a confiança no acordo Brexit com a União Europeia e diz que não vai desisitir daquilo que delineou. Convenceu o executivo, está a tentar convencer o parlamento mas também: a confiança dos britânicos.

"Sinto que Theresa May foi corajosa. Provou que tem garra.", disse um britânico à Euronews.

"Vamos voltar atrás e reavaliar se ela não está a fazer um bom negócio para nós....Não é culpa dela, só está a respeitar o voto do público.", admitiu um outro popular.

"Não concordo com o Brexit e não posso dizer mais do que isso. Acho que deveria haver uma votação.", disse uma mulher.

Reuters
Theresa MayReuters

"Não gosto do acordo. Nem sequer deveria ter chegado a este ponto. Os planos deveriam ter sido expostos bem antes de chegarmos a esta situação e, no dia do Brexit, alguém deveria ter estado no "Avião para a Europa" e dizer: 'Olhe, eles estão a ir embora: o que é que nos podem dar?' E aí estaríamos num ponto em que teria resultado algo melhor do que a situação em que estamos agora.", admitiu um jovem comerciante.

O acordo de Theresa May poderá dar mais um passo de sucesso já no próximo mês de dezembro, com a votação do parlamento britânico.