EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Rússia ignora apelos ocidentais

Rússia ignora apelos ocidentais
Direitos de autor 
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Serguei Lavrov, acusou a Ucrânia de "provocação"

PUBLICIDADE

As autoridades russas ignoraram apelos lançados por países ocidentais no sentido da libertação de três embarcações ucranianas e 24 marinheiros capturados no domingo ao tentarem entrar no mar de Azov.

A Ucrânia afirma que as embarcações ucranianas apreendidas pelas autoridades russas encontram-se agora no porto de Kerch, na Crimeia.

"A Ucrânia pode ter planeado esta provocação - ninguém duvida que isto foi feito com a boa vontade e provavelmente em resultado de uma ordem direta da liderança, eles estavam a contar com os benefícios adicionais que contavam retirar desta situação. Em primeiro lugar, estavam a contar que os Estados Unidos e a Europa, como sempre, tomassem o partido dos provocadores",  adiantou o chefe da diplomacia russa, Serguei Lavrov.

Em Moscovo, a jornalista da euronews Galina Polonskaya adianta "as embarcações ucranianas encontram-se em Kerch. O ministério russo da Defesa anunciou que 'drones' militares estão a patrulhar as áreas do mar de Azov e do Mar Negro de forma a evitar mais acidentes. O ministério russo dos Negócios Estrangeiros convocou o representante diplomático ucraniano classificando as ações do país como "uma provocação".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ucrânia implementa lei marcial

Chizhov: "A Rússia não é ameaça para ninguém no mundo"

Kremlin anuncia exercícios com armas nucleares táticas após "comentários provocatórios" do ocidente