Última hora

Última hora

Consenso na UE para banir produtos de plástico de uso único

Consenso na UE para banir produtos de plástico de uso único
@ Copyright :
REUTERS/Johannes P. Christo/File Photo
Tamanho do texto Aa Aa

A partir de 2021, a União Europeia deixará de comercializar uma dúzia de produtos de plástico que representam 70% dos resíduos nos oceanos e praias.

Pratos, talheres, palhinhas, bastões de balões e de cotonetes em plástico serão proibidos após a entrada em vigor da diretiva que foi alvo de consenso, quarta-feira, entre negociadores da Comissão, Conselho e Parlamento europeus.

A maratona negocial durou 12 horas e a legislação terá de ter, ainda, o "carimbo" dos chefes de Estado e de Governo e do plenário do Parlamento Europeu.

"Os europeus estão cientes de que os resíduos de plástico são um problema enorme e a União Europeia como um todo demonstrou verdadeira coragem para os combater, tornando-se o líder mundial na luta contra os resíduos plásticos marinhos", congratulou-se o primeiro vice-presidente da Comissão Europeia, Frans Timmermans, numa declaração escrita.

A Comissão Europeia apresentou a diretiva, em maio passado, e classificou-a como "o instrumento legal mais ambicioso do mundo para o lixo marinho".

Estes produtos descartáveis? de plástico serão banidos e o mercado deverá oferecer alternativas feitas com outros materiais ambientalmente sustentáveis.