A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Cantor de origem turca descreve Turquia como país "destroçado"

Cantor de origem turca descreve Turquia como país "destroçado"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Suvari Öztürk é um compositor, intérprete e guitarrista de origem turca de 38 anos. Critico do governo e banido dos media turcos, escreveu a música "Enkaz", que significa "destroços" numa referência ao que tem acontecido nos últimos anos no país.

"Enkaz" é o reflexo da dor, da deceção e da raiva. Quando olhamos para o nosso povo, vemos uma séria polarização. O amor e o respeito perderam-se. As pessoas estão divididas, os irmãos tornam-se inimigos, há famílias desfeitas e às vezes casos de mortes. É o que tentei explicar nesta música."

As crianças que morrem no mar ao tentar fugir da Turquia é outra realidade à qual também é bastante sensível.

"A humanidade e a dignidade humana são os valores mais importantes que devem ser mantidos no centro da vida. E colocando-os aí, não há necessidade de distinguir religiões ou raças. Se há uma beleza brilhante nalgum lugar, as pessoas devem abraçá-la. Se há injustiça, devem condená-la."

Desde a tentativa de Golpe de Estado falhada em 2016, já foram detidas mais de 78 mil pessoas.

A maioria professores, intelectuais, académicos e jornalistas críticos do governo do Presidente Recep Tayyip Erdogan. Segundo um relatório do Parlamento Europeu, publicado em março, mais de cem críticos do regime foram também raptados por todo o mundo.