A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Suspeito de assassinar Jan Kuciak confessa crime

Suspeito de assassinar Jan Kuciak confessa crime
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Miroslav Marcek, o antigo soldado eslovaco suspeito de assassinar o jornalista de investigação Jan Kuciak e noiva, confessou esta quinta-feira o crime. A informação foi avançada pela imprensa local.

Marcek e três outros suspeitos foram indiciados neste caso de duplo assassinato e foram detidos em outubro. Também o empresário Marian Kocner, acusado de ter ordenado o assassinato, continua detido.

Jan Kuciak e a noiva, Martina Kusnirova, foram mortos a tiro em casa, numa aldeia a cerca de 60 quilómetros da capital Bratislava.

Na altura, Kuciak trabalhava numa investigação sobre supostas ligações entre empresários eslovacos, políticos e a máfia italiana.

A morte do jornalista fez cair o governo da Eslováquia.