Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Oposição quer civis também no governo provisório

Oposição quer civis também no governo provisório
Direitos de autor
Reuters
Tamanho do texto Aa Aa

Das ruas de Cartum para os corredores do poder, este sábado ficou marcado pela primeira reunião entre a oposição sudanesa e a junta militar que gere os destinos do país desde a queda do regime de Omar al-Bashir. Apesar do General Abdel Fattah al-Burhan Abdelrahman, o atual líder da junta militar, ter prometido que o período de transição teria uma duração máxima de dois anos e que seria sucedido por um governo civil, a oposição não baixa os braços e exige a presença de civis também no governo provisório e irá sugerir uma lista de nomes este domingo.

A lista de reivindicações não fica por aqui. Reclamam também a abolição de todas as leis que limitam a liberdade, a restruturação do Serviço Nacional de Informações Secretas e Segurança, a dissolução das milícias que operavam durante o regime de al-Bashir e a detenção de todos os líderes corruptos.

Até isso acontecer, a oposição garante que os protestos irão continuar.