Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Broadcom impedida por Trump de comprar a Qualcomm

Broadcom impedida por Trump de comprar a Qualcomm
Direitos de autor
REUTERS/Mike Blake
Tamanho do texto Aa Aa

A Broadcom, fabricante de circuitos integrados, com sede em Singapura, retirou a oferta de aquisição da americana Qualcomm, ao fim de uma batalha de quatro meses para fechar o acordo.

O negócio de 117 mil milhões de dólares, foi impedido pelo presidente Donald Trump, que evocou razões de segurança nacional.

A Broadcom perdeu esta batalha mas não tenciona perder a guerra tecnológica. A empresa vai mudar a sede para os Estados Unidos para poder, mais facilmente, comprar empresas americanas.