Última hora
This content is not available in your region

Broadcom impedida por Trump de comprar a Qualcomm

euronews_icons_loading
Broadcom impedida por Trump de comprar a Qualcomm
Direitos de autor  REUTERS/Mike Blake
Tamanho do texto Aa Aa

A Broadcom, fabricante de circuitos integrados, com sede em Singapura, retirou a oferta de aquisição da americana Qualcomm, ao fim de uma batalha de quatro meses para fechar o acordo.

O negócio de 117 mil milhões de dólares, foi impedido pelo presidente Donald Trump, que evocou razões de segurança nacional.

A Broadcom perdeu esta batalha mas não tenciona perder a guerra tecnológica. A empresa vai mudar a sede para os Estados Unidos para poder, mais facilmente, comprar empresas americanas.