Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Futuro dos veículos elétricos passa pela Geórgia

Futuro dos veículos elétricos passa pela Geórgia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Kutaisi, a segunda maior cidade da Geórgia, é um importante centro industrial, cultural e educativo. Vai receber a primeira fábrica para a produção de veículos elétricos no país e na região do Cáucaso do sul. Um projeto que resulta de uma combinação de forças entre um grupo local e o maior fabricante de carros elétricos no mundo.

A iniciativa conta com o apoio do Governo local e os primeiros veículos aqui produzidos chegarão em 2020.

"Estamos a investir em projetos que protegem e respeitam o ambiente. Estes investimentos são relativamente grandes por causa da especificidade do negócio. Requerem infraestruturas especiais como estações de carregadores elétricos em todo o país e recetores de energia solar. No que respeita ao emprego, na fase inicial planeamos recrutar 300 trabalhadores, mas teremos muitos mais na fase operacional. É muito importante para Kutaisi e para a região também", sublinha Kakha Guledani, do AiGroup.

A empresa terá uma capacidade de produção de 40 mil carros elétricos por ano e numa fase inicial serão produzidos quatro modelos. Metade, pelo menos, destina-se ao mercado doméstico.

Apostolos Staikos, Euronews - Para a Geórgia este investimento é uma aposta económica importante. O país quer penetrar no mercado europeu vendendo cerca de 20 mil carros elétricos por ano.

Kutaisi vai tornar-se em breve mais uma cidade do mundo a oferecer serviços de partilha de carros elétricos para a população. Motivos mais do que suficientes para celebrar.

O primeiro-ministro da Geórgia, Mamuka Bakhtadze, refere que há razões para comemorar e estar otimista em relação ao futuro: "Esta fábrica vai abrir um novo capítulo na história da nossa economia. Terá uma influência bastante positiva na nossa estrutura económica, ajudando-nos a fazer reformas. Permitirá criar mais de 2 mil empregos e ao mesmo tempo vai ajudar-nos a aumentar o nosso potencial exportador."

Para o Governo, o projeto faz parte de um plano alargado para tornar mais verde a economia do país. Também promoverá o desenvolvimento da indústria automóvel na Geórgia.

«Vamos produzir carros elétricos sob a primeira marca georgiana, o que torna este projeto realmente único. A Geórgia torna-se um país pioneiro na região, em termos de produção de veículos elétricos com tecnologias verdes e amigas do ambiente", explica Natela Turnava, ministra da Economia e do Desenvolvimento Sustentável da Geórgia.