Última hora

Brexit: PM Costa espera que seja "o fim da linha"

Brexit: PM Costa espera que seja "o fim da linha"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro português, António Costa, saudou o acordo do Brexit, alcançado, quinta-feira, em Bruxelas, que classificou-o de "ótimo". Mas, tal como a maioria dos líderes da União Europeia, Costa recordou que o Parlamento britânico já chumbou três vezes outras propostas e que vai ter de se pronunciar no sábado.

"Não podemos ser todos capturados como reféns de questões de política interna do Reino Unido e, portanto, é a altura, de uma vez por todas, de o Parlamento britânico corresponder àquilo que tem sido um esforço paciente, continuado, persistente, de muita boa vontade por parte da União Europeia de ir negociando sucessivos acordos para procurar ultrapassar as sucessivas rejeições", disse o primeiro-ministro, em conferência de imprensa.

"Creio que chegamos ao fim da linha e que seria uma tragédia que, depois de todo este esforço, tivéssemos uma saída do Reino Unido, no dia 31 de outubro, sem acordo, com as pesadíssimas consequências", acrescentou.

Por outro lado, o Parlamento Europeu também tem que ratificar o acordo. Na próxima segunda-feira começa uma sessão plenária em Estrasburgo, que termina a 24 de outubro, mas poderá ser necessária uma sessão extraordinária.

A agenda do primeiro dia da cimeira também tem outro importante ponto para ser discutido durante o jantar: a política externa.

Úm dos temas é analisar medidas contra a Turquia por causa da operação militar na Síria. O outro é como ultrapassar o bloqueio da França à recomendação do executivo europeu de começar negociações oficiais com a Albânia e a Macedónia do Norte com vista à sua entrada na União Europeia.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.