Última hora

Microsoft: Semana de quatro dias aumenta produtividade

Microsoft: Semana de quatro dias aumenta produtividade
Direitos de autor
Reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Uma semana de quatro dias de trabalho e três de descanso aumenta a produtividade dos trabalhadores.

Esta é a principal conclusão de uma experiência realizada pela filial da Microsoft no Japão.

Em agosto, os 2300 trabalhadores nipónicos encerravam a semana na quinta-feira, podendo usufruir de um dia extra de descanso.

Segundo um comunicado da Microsoft Japão, durante aquele mês, em comparação como o período homólogo de 2018, a produtividade aumentou quase 40%, a poupança de energia ultrapassou os 20% e o consumo de papel de impressão caiu cerca de 60%.

O dia suplementar de descanso não foi a única mudança introduzida no funcionamento da empresa. As reuniões de trabalho não podiam ter mais de cinco participantes e durar mais de meia hora. A filial nipónica da Microsoft encorajou, ainda, as videoconferências ou uma maior utilização do correio eletrónico.

De acordo com a empresa, o objetivo desta experiência é encontrar maneiras de dar mais flexibilidade aos trabalhadores de modo a que consigam conciliar mais facilmente a vida laboral com a pessoal.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.