Última hora

Assembleia das PME europeias: a aposta na economia circular

Assembleia das PME europeias: a aposta na economia circular
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A capital da Finlândia acolheu, recentemente, a assembleia das PME, um evento europeu destinado ao empresários.

A edição 2019 do evento foi dedicada ao desenvolvimento sustentável. Os participantes debateram as vantagens para as empresas que apostam no desenvolvimento sustentável e na economia circular, as ajudas financeiras e as oportunidades existentes. A euronews falou com Janez Potocnick, especialista em economia circular."Não precisamos de carros, precisamos de mobilidade. Se pensarmos deste modo podemos criar novos incentivos. É uma nova forma de pensar que traz novas oportunidades e que nos obriga a repensar as coisas", sublinhou Janez Potocnick, antigo Comissário Europeu do Ambiente.

As vantagens da aposta na inovação

A euronews visitou uma empresa finlandesa que lançou um novo material para substituir as embalagens de plástico. Composto por fibras de madeira, o novo material parece papel mas é tão resistente como o plástico e tão macio como tecido. Além disso, pode ser produzido a partir das linhas de montagem atuais, com um investimento financeiro reduzido. "Estamos num mercado onde se usa anualmente cerca de 30 milhões de toneladas de diferentes tipos de materiais sobretudo filmes de plástico", disse à euronews Esa Torniainen, fundador da empresa finlandesa Paptic.

Investir na economia circular

Nos dois últimos anos, o volume de negócios da empresa finlandesa foi multiplicado por dez e o número de empregados passou de uma dezena para vinte pessoas. Mas, para continuar a crescer, o projeto preciso de investimento. Segundo a economista Mariana Mazzucato, é preciso mudar as regras de financiamento das empresas que apostam na inovação. "Os empresários da economia circular precisam de investimento durante dez ou quinze anos. O elemento chave é um financiamento paciente. Em segundo lugar, é preciso encorajar a tomada de risco. Para aprender a andar de bicicleta, cai-se muitas vezes. Se penalizamos o falhanço, não conseguiremos criar um novo tipo de economia", considerou Mariana Mazzucato, professora no Institute for Innovation and Public Purpose, no Reino Unido.

O Green Deal europeu

O evento dedicado às PME foi organizado pela Comissão Europeia que deverá lançar em breve o Green Deal, um plano para transformar a Europa no primeiro continente neutro em carbono até 2050 e que deverá contemplar medidas concretas para os empresários. "Os três grandes novos elementos são : sustentabilidade, digitalização, porque às vezes ao digitalizar tornamo-nos mais sustentáveis, e, por fim, são precisas novas regras sobre patentes comerciais internacionais", afirmou Kristin Schreiber, diretora do departamento de políticas para as PME da Comissão Europeia.

A assembleia dedicada às PME, em Helsínquia, foi a ocasião para promover projetos empresariais de destaque a nível europeu. É o cado do Green Pac I Lab uma incubadora de empresas holandesa que apoia start-ups na área dos negócios sustentáveis e da economia circular.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.