Última hora
This content is not available in your region

Aos 18 anos, Billie Eilish entra para o olimpo dos prémios Grammy

Autora de "When We All Fall Asleep, Where Do We Go?" venceu cinco prémios Grammy
Autora de "When We All Fall Asleep, Where Do We Go?" venceu cinco prémios Grammy   -  
Direitos de autor
AP/ Eduardo Verdugo
Tamanho do texto Aa Aa

Billie Eilish é a nova estrela consagrada na galáxia da música Pop mundial.

Aos 18 anos, celebrados em dezembro, e com um único álbum editado, a norte-americana, natural de Los Angeles, arrebatou cinco prémios na edição deste ano dos Prémios Grammy.

A cerimónia decorreu domingo à noite no Staples Center, o pavilhão dos LA Lakers onde durante mais de 20 anos brilhou Kobe Bryant.

A morte da estrela da NBA algumas horas antes marcou a noite e arrefeceu a tradicional festa de celebração da música.

A apresentadora Alicia Keys, os Aerosmith com os Run DMC e John Legend foram alguns dos artistas que passaram pelo palco com tributos a Kobe Bryant.

Depois chegou o momento de Eillish. Por quatro vezes, a "miúda" subiu ao palco para celebrar o impacto na indústria de "When We All Fall Asleep, Where Do We Go?", o primeiro disco de estúdio de longa duração na carreira.

A "voz da nova geração" foi eleita a Artista Revelação do Ano e conquistou os prémios para Melhor Gravação, Melhor Álbum, Melhor Canção ("Bad Guy") e Melhor Álbum Pop.

"Parece que ando sempre a gozar e que nunca levo nada deste tipo de coisas a sério, mas genuinamente gostava de dizer: sinto-me tão agradecida e honrada de estar aqui entre todos vocês. Amo-vos de coração. Cresci a ver-vos a todos", afirmou a grande vencedora dos Grammy numa das vezes em que subiu ao palco e tomou conta do microfone.

Billie Eilish passa a 10 de julho pelo Festival Alive, em Portugal, e "Bad Guy" já não será escutado apenas como uma das boas músicas de 2019.

Destaque também para os Chemical Brothers. A dupla britânica venceu duas categorias nos Grammy 2020: Melhor Álbum de Dança/ eletrónico ("No Geography") e Melhor Gravação de Dança ("Got To Keep On").

O "bluesman" Gary Clark Jr. foi eleito pela Melhor Gravação Rock ("This Land") e os Tool com a Melhor Gravação de Metal ("7empest").

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.