Última hora
This content is not available in your region

Óscares 2020: Cerimónia marcada por críticas à falta de diversidade

Natalie Portman envergou capa com nomes de realizadoras ignoradas pela Academia
Natalie Portman envergou capa com nomes de realizadoras ignoradas pela Academia   -  
Direitos de autor
Richard Shotwell/Invision/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Charlize Theron, Scarlett Johansson ou Penélope Cruz foram muitas estrelas que brilharam na passadeira vermelha à entrada para mais uma cerimónia dos Óscares.

Uma edição marcada por críticas à falta de diversidade nos nomeados. A atriz Natalie Portman levou uma capa onde estavam gravados os nomes das realizadoras ignoradas pela Academia de Hollywood.

O cineasta Spike Lee prestou um último tributo a Kobe Bryant, o ex-basquetebolista recentemente falecido.

Dentro da sala, as críticas à falta de diversidade ouviram-se logo no arranque da cerimónia pela atriz/cantora Janelle Monáe.

"Esta noite celebramos os incríveis talentos nesta sala e todas as mulheres que dirigiram filmes fenomenais. Estou orgulhosa por estar aqui como uma artista negra e homossexual a contar histórias!"

"Bombshell - O Escândalo" venceu a categoria de Caracterização e lembrou a todos que os escândalos de assédio sexual no mundo da televisão e cinema ainda não foram esquecidos.

Brad Pitt aproveitou a subida ao palco para lembrar o arquivamento do processo de destituição do Presidente norte-americano, Donald Trump, e dar uma sugestão ao realizador Quentin Tarantino.

Disseram-me que só tenho 45 segundos aqui em cima. Que são 45 segundos a mais do que o Senado deu ao John Bolton esta semana. Estou a pensar que talvez o Quentin faça um filme sobre isso e, no final, os adultos façam o correto.
Brad Pitt
Vencedor do Óscar de Melhor Ator Secundário

Apesar das críticas a cerimónia terminou em beleza com o grande vencedor da noite, o realizador sul-coreano Bong Joon Ho, a homenagear o mestre, Martin Scorcese, e a audiência a acompanhá-lo numa grande ovação.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.