EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Covid-19: Maior mina de ouro da Rússia com quase 900 casos positivos

Covid-19: Maior mina de ouro da Rússia com quase 900 casos positivos
Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Patricia Tavares
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Mineiros recebem tratamento em hospital de campanha.

PUBLICIDADE

Foram detetados quase 900 (866) casos positivos de Covid-19 na maior mina de ouro da Rússia. Os trabalhadores infetados da Mina Olimpiada estão a receber tratamento num hospital de campanha. A mina, localizada na região de Krasnoyarsk, na Sibéria, conta com perto de 6 mil mineiros e transformou-se num dos maiores focos da doença no país, desde o início de maio.

A empresa Polyus, proprietária da mina, disse que o surto não afetou as operações e que a exploração vai continuar em funcionamento. No entanto, as autoridades criaram pontos de controlo, para impedir a disseminação do vírus nas proximidades.

O presidente do país Vladimir Putin mobilizou meios médicos e militares para dar resposta ao surto do novo coronavírus na região de de Krasnoyarsk. Foi enviado equipamento para o local juntamente com 77 equipas médicas que vão trabalhar no hospital improvisado com mil camas.

Este hospital reforça um outro, erguido em Olimpiada no início de maio, com capacidade para tratar 400 pessoas infetadas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Assad visita Putin em Moscovo

Tribunal russo ordena prisão da viúva de Alexei Navalny

Primeiro-ministro da Índia critica invasão russa à Ucrânia durante encontro com Putin