Última hora
This content is not available in your region

Van Gogh terá pintado "Raízes de Árvores" perto de onde morreu

euronews_icons_loading
"Raízes de Árvores", de Vincent van Gogh (1890)
"Raízes de Árvores", de Vincent van Gogh (1890)   -   Direitos de autor  Museu Van Gogh via AP
Tamanho do texto Aa Aa

O local que terá servido de molde a "Raízes de Árvores", é a última obra conhecida pintada por Vincent van Gogh, pode ter sido agora descoberto.

Na passagem dos 130 anos sobre a morte do holandês, a 28 de julho, o diretor do instituto Van Gogh revelou o troço de uma rua em Auvers-sur-Oise onde garante estar o cenário escolhido pelo pintor para dar cor à derradeira obra.

"Estava a arquivar alguns documentos e tinha o postal no meu ecrã. Reparei num par de troncos e foi aí que reconheci um elemento do postal. Um arbusto", precisou Wouter van der Veen.

A forma dos troncos neste troço da atual Rua Daubigny deixou poucas dúvidas ao investigador sobre a origem de "Raízes de Árvores", a derradeira mensagem da Van Gogh.

"Ele compôs esta obra apenas algumas horas antes de pôr termo à vida. E como Van Gogh não pintava nada ao acaso, havia sempre algo para contar às pessoas que iriam ver os quadros. Neste, podemos ver como num livro aberto a derradeira mensagem de Van Gogh", disse Wouter van der Veen.

Museu Van Gogh via AP
Postal que levou Wouter van der Veen a sugerir ter sido este o cenrio do último quadro de Van GoghMuseu Van Gogh via AP

Descoberta motiva exposição

Auvers-sur-Oise, a norte de Paris, é hoje em dia um destino popular dos admiradores da obra de Van Gogh e é agora também palco de uma nova exposição baseada nesta nova teoria da descoberta do local da última paisagem colorida numa tela pelo artista que amava a forma como a luz do sol "pintava" o mundo.

"É o último quadro que o meu bisavô pintou e é de grande importância. Se não conhecem o local, é uma obra muito difícil e muitos dizem representar mais um degrau na Arte Moderna. Ao lado de Cézanne e Gauguin, o Vincent foi um dos fundadores da Arte Moderna", sublinhou o bisneto Willem Van Gogh, a quem coube a honra de revelar o que Wouter van der Veen garante ser o original do último quadro do pintor holandês.

Um dos mistérios da obra de Van Gogh pode ter sido desvendado, mas aquilo que movia e o que levou à morte em 1890 o pintor holandês permanece ainda um segredo.