Última hora
This content is not available in your region

EUA fora da lista de países seguros no acesso ao espaço europeu

euronews_icons_loading
EUA fora da lista de países seguros no acesso ao espaço europeu
Direitos de autor  Erika Kinetz/AP
Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia acaba de publicar a mais recente versão da lista de países autorizados a viajarem para a Europa.

A medida foi tomada após a revisão quizenal cujo objetivo é reabrir o continente ao resto do mundo.

Os Estados Unidos permanecem fora da lista enquanto os chineses são autorizados a entrarem sob condição de reciprocidade por parte da China.

Da lista de países considerados seguros consta a Austrália, o Canadá, a Geórgia, o Japão, Marrocos, a Nova Zelândia, o Ruanda, a Coreia do Sul, a Tailândia, a Tunísia e o Uruguai.

A Europa é o primeiro destino turístico a nível mundial por isso o facto de muitos países permanecerem excluídos representa um problema para o sector turístico europeu.

O eurodeputado húngaro e um dos responsáveis pelo turismo no Comité do Turismo e Transportes no Parlamento Europeu afirma que é necessário um fundo europeu específico uma vez que o Fundo de Recuperação tem um âmbito geral.

"Não é preciso ser cientista para nos apercebermos que nas próximas semanas terão lugar mais confinamentos. O turismo vai enfrentar uma situação difícil de novo. É por isso que apelo à Comissão Europeia e estados-membros no sentido de criarem de imediato um fundo próprio para apoiar o sector turístico na segunda metade do ano. De certeza que vamos ter mais problemas", defende István Ujhelyi, vice-presidente do comité TRAN dedicado ao turismo.

De recordar que em junho os eurodeputados votaram uma resolução no sentido de darem apoio urgente a pequenas e médias empresas a fim de combaterem os efeitos da pandemia.