Última hora
This content is not available in your region

Turismo Mundial com perdas de quase 273 mil milhões de euros

euronews_icons_loading
Turismo Mundial com perdas de quase 273 mil milhões de euros
Direitos de autor  AP Photo/Amr Nabil
Tamanho do texto Aa Aa

A indústria do turismo mundial perdeu cerca de 273 mil milhões de euros em receitas, entre janeiro e maio deste ano.

Segundo os dados revelados pela Organização Mundial do Turismo das Nações Unidas (ONU), a perda é três vezes maior do que em 2009, o ano da Crise Económica Global.

Durante os cinco primeiros meses do ano, e em comparação com o mesmo período no ano passado, houve menos 300 milhões de turistas.

E a Organização Mundial do Turismo diz que as perdas não ficam por aqui.

Marcelo Risi, porta-voz da Organização, explica que tudo depende de como as fronteiras abrem, como o mercado reage, como a Covid-19 se comporta e qual vai ser o comportamento social. As previsões apontam para uma redução entre 60 e 80 % no turismo internacional para 2020.

Os especialistas dizem que os países em desenvolvimento serão os mais atingidos e que milhões de meios de subsistência estão em risco em todo o mundo.

Só na Europa, o turismo afeta 27 milhões de empregos e a indústria vai precisar de alguns anos para recuperar totalmente.

Com o aumento do número de surtos de Covis-19 o futuro é incerto.

Este verão já mostrou que apesar da pandemia há muitas pessoas que continuam a querer passar as férias no estrangeiro. Mas há cada vez mais países a aconselhar férias dentro das fronteiras e a impor quarentena obrigatória para quem quiser arriscar e visitar destinos considerados perigosos.