Última hora
This content is not available in your region

Revolta de Varsóvia foi há 76 anos

euronews_icons_loading
Revolta de Varsóvia foi há 76 anos
Direitos de autor  WOJTEK RADWANSKI/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

Setenta e seis anos depois da Revolta de Varsóvia, uma multidão voltou, este sábado, às ruas da capital polaca para celebrar a batalha pela independência contra as forças nazis que ocupavam o território europeu.

A principal homenagem aos insurgentes realizou-se às 17h locais, a mesma hora que, em 1944, marcou o início da rebelião.

O presidente Andrzej Duda, o primeiro-ministro, Mateusz Morawiecki, e os presidentes de ambas as câmaras do parlamento polaco, Elzbieta Witek e Tomasz Grodzki, estiveram entre os representantes políticos que compareceram às cerimónias oficiais, em que flores foram depositadas nos monumentos de homenagem às vítimas da batalha.

Já na rua, foram realizadas marchas organizadas por diferentes fações, espelhando a divisão política da Polónia. De um lado, os opositores ao governo pediram o fim do totalitarismo, do outro, nacionalistas empunharam bandeiras nacionais.

A Revolta de Varsóvia durou 63 dias, levando à morte de cerca de 180 mil habitantes e 18 mil combatentes polacos.