Última hora
This content is not available in your region

China isola 11 milhões de pessoas para travar covid-19

euronews_icons_loading
China isola 11 milhões de pessoas para travar covid-19
Direitos de autor  Mu Yu/Xinhua
Tamanho do texto Aa Aa

A ameaça do coronavírus volta a pairar sobre a China. Devido a um surto na cidade de Shijiazhuang, a 300 quilómetros de Pequim, 11 milhões de pessoas estão agora isoladas do mundo.

O governo chinês impôs um novo confinamento. De acordo com as autoridades, as entradas e saídas na cidade estão proibidas, todos os serviços de transportes foram suspensos e as escolas encerradas.

Nova estirpe na Austrália

Também Brisbane, na Austrália, está confinada. Três dias em casa, desde sexta-feira, após um caso da estirpe mais contagiosa de coronavírus ter sido detetado na cidade de dois milhões de habitantes.

Apesar das atuais restrições, a saída para compra de bens essenciais ainda é permitida, mas as autoridades pediram já a população para evitar as longas filas que entretanto se formaram à porta das lojas.

Suécia revê abordagem à covid-19

Depois de uma abordagem mais suave no combate à pandemia e um crescente número de contágios, a Suécia está agora a rever e a agravar as restrições sanitárias.

A partir deste domingo, o governo passa a ter poder para fechar lojas, impedir a circulação de transportes ou impor limites ao número de pessoas juntas em sítios públicos específicos.

Bebé espanhol deixa hospital

De Espanha vem uma notícia mais feliz. Perante os aplausos dos profissionais de saúde, um bebé de três meses e a mãe abandonaram esta semana o hopsital de Valência, após o recém-nascido ter sido infetado com nove dias de vida e lutado até agora contra a covid-19.