Última hora
This content is not available in your region

Festival de Aix-en-Provence gratuito e "online"

euronews_icons_loading
Daniel Barenboim e Marta Argerich
Daniel Barenboim e Marta Argerich   -   Direitos de autor  Caroline Doutre / Festival de Aix-en-Provence
Tamanho do texto Aa Aa

Anulado no ano passado devido à pandemia, os organizadores do Festival de Música Clássica da Páscoa, em Aix-en-Provence, não quiseram desperdiçar mais um ano e optaram, desta vez, por uma versão "online" e gratuita, com todos os concertos tocados em directo. Um dos pontos altos deste ano é o dueto dos pianistas argentinos Daniel Barenboim e Marta Argerich. Esta quarta-feira, entra em cena a portuguesa Maria João Pires.

Barenboim diz que "faz música há mais de 70 anos e as pessoas continuam a querer vê-lo, ou numa linguagem mais deste século, a pagar para o ver, o que é muito gratificante".

Esta fórmula permite contornar as restrições impostas pelo combate à pandemia e chegar a um público mais vasto. O maestro e pianista, que tem nacionalidades argentina e israelita, uma das figuras mais respeitadas no mundo da música erudita, acredita que a crise será ultrapassada, mas o problema da música não está só na situação atual: "O problema com o futuro da música não tem só a ver com o pós-Covid, mas tem sobretudo a ver com a falta de educação musical nas escolas, logo o público que vai aos concertos tem menos treino musical", diz Barenboim.

Os concertos podem ser acompanhados em direto no site do Festival e o público pode até mudar a câmara e escolher a perspetiva que prefere. O festival dura até ao dia 11 de abril.