Última hora
This content is not available in your region

Dinamarca descarta vacina da Astrazeneca

euronews_icons_loading
Dinamarca descarta vacina da Astrazeneca
Direitos de autor  Christophe Ena/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

A Dinamarca não vai usar mais a vacina da AstraZeneca devido aos efeitos secundários, que considera serem "raros, mas graves". É o primeiro país europeu a abandonar esta vacina contra a Covid-19, mas a Alemanha também decidiu restringir o seu uso.

Os alemães com menos de 60 anos que receberam uma primeira dose da vacina da AstraZeneca vão receber uma segunda dose da BioNTech/Pfizer ou da Moderna.

A vacina desenvolvida pela Astrazeneca, em conjunto com a Universidade de Oxford, esteve temporariamente suspensa em grande parte dos países da União Europeia, mas voltou a ser administrada por recomendação da Agência Europeia de Medicamentos.

A Comissão Europeia anunciou que a Pfizer vai antecipar para este segundo trimestre a entrega de 50 milhões de vacinas à Europa, o que pode ajudar a compensar a suspensão das entregas da Jannsen.